O MISTÉRIO DOS SERES HUMANOS

Escrito por omensageiro_master

Olá,  meus amigos!  Aí estão todos esses que chamamos de humanos, de seres  humanos.  Não podem ser definidos simplesmente como  racionais, animais racionais.  Não são  carneiros de um rebanho, embora possam  parecer seguindo a onda, sem usar sua  “racionalidade”.  Seguem a onda impensadamente. O ser humano é sempre um mistério. Homem e mulher. Vão construindo e aperfeiçoando sua masculinidade e sua feminilidade.  Crescem por fora, precisam também crescer por dentro.

Seres inacabados sempre em construção. Enxergam, escutam, abraçam, amam, odeiam,  trabalham, são bonitos  ou feios, nascem, vivem e morrem.  Constroem e destroem.  Atingem as  estrelas  e chafurdam na lama. Chegam ao mundo precisando de tudo:  ar para  respirar, leite da mãe,  berço para dormir.  Choram e berram ao nascer e precisarão  cortar o cordão umbilical aos poucos, mas de verdade.  São apresentados a um  jovem senhor que é seu pai e que  passam a conhecer.   Precisam que seus pais lhes deem  um nome,  um  nome que vão construir ao longo da vida…nome  por de trás do qual está a sua história com acertos e erros.

As pessoas nascem,  crescem e vivem com outras  histórias. Caminham  com outros peregrinos.  Quando encontro  um  tu  e que sei que sou eu.  Sentem que não podem viver por viver.  Há em cada um de nós um  enorme desejo de  comunhão, de amar, de ser amado, de dar a mão aos outros, de falar, de conversar, de ajudar, de ouvir, de estar de acordo e divergir.  Somos um  mistério de comunhão.

E lá dentro  temos  saudade do começo.  Fomos inventados pelo  Mistério do  Senhor.  Como  Santo  Agostinho  temos um coração irrequieto que precisa  descansar em  Deus. Ele nos quer…colocou-nos  na terra.

Ama-nos e  quer nos ver com os traços do  Filho  Jesus.

Não se concebe um ser humano pleno  se ele sente essa louca sede do Altíssimo.

Frei Almir  Ribeiro Guimarães, OFM

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *